Brasil aposta no programa de Aceleração do Crescimento

O Programa de Aceleração do Crescimento

 

Com um crescimento previsto para 2017 da ordem de mais de 300%, setor de energia solar pode passar de uma produção de 235 MW para 1 Gigawatt.

Vamos considerar mesmo sistema fotovoltaico e tarifa utilizados no artigo Energia Solar: instalar agora ou esperar preço cair ?”, portanto um sistema que custa cerca de R$ 25.000,00 e gera cerca de 500 kWh/mês, sendo valor da tarifa cobrada pela concessionária R$ 0,83/kWh.

A primeira regulação sobre a instalação de minicentrais de energia de forma não centralizada (ou seja, nas próprias unidades consumidoras de energia) foi publicada em 2012, e apenas há dois anos, em 2015, avanços na regulação do tema permitiram uma real expansão do número de unidades.

Há uma pesquisa que estima que daqui a cinquenta anos, petróleo não atenderá a demanda do mercado, sendo a agricultura a exemplo do hidrogênio, da energia eólica, da energia solar como outras, vão ser um fator essencial para gerar energia… Por isso, precisamos sair de nós mesmos, e nos preocupar com nossos semelhantes porque eu só posso me amar se eu me relacionar com próximo e com Deus.

Apoio do BNDES é segmentado internamente através de três linhas:

  1. Apoio à aquisição de sistemas fotovoltaicos, através do Plano de Nacionalização Progressiva, por exemplo;
  2. Apoio à geração de energia fotovoltaica, através da Linha de Infraestrutura – Energias Renováveis;
  3. Apoio aos fabricantes de equipamentos e serviços da cadeia fotovoltaica.

Segundo estudo do laboratório Americano NREL (National Renewable Energy Laboratory – Laboratório Nacional de Energia Renovável), imóveis com sistema de energia elétrica solar instalado experimentaram uma valorização de 17%, e foram vendidos 20% mais rápido que os imóveis sem um sistema.

Finlândia, Itália, Inglaterra e China (esta, responsável por 40 % das novas usinas em planejamento), anunciaram a suspensão e/ou revisão de seus planos de investimentos em novos projetos nucleares, pelo menos até baixar a radiação dos efeitos de Fukushima.

Atualmente, estão em negociação contratos envolvendo empresas do setor de infraestrutura e mineração, os que sugerem um provável aumento no intercâmbio de mercadorias, bem como para a intensificação do fluxo de investimentos estrangeiros diretos em direção à África.

Tempo De Retorno Do Investimento Em Energia Solar

A perspectiva de aumento do custo da energia elétrica com a escassez de chuvas para abastecer reservatório das usinas hidrelétricas está levando os consumidores a gerar sua própria energia, com a instalação de microusinas no sistema de geração distribuída, que permite ao cliente jogar a energia gerada no sistema elétrico e abater essa carga do seu consumo.

Os ganhos econômicos obtidos com um sistema fotovoltaico em relação ao convencional estão na redução da conta de luz em até 95% e no ROI (retorno sobre investimento), que varia de acordo com consumo, mas gira em torno de seis a nove anos com um equipamento que tem vida útil de 25 anos”, observa.

Devido ao contrato firmado com a Bolívia ser de take or pay (pegar ou pagar) e mercado não estar consumindo a produção esperada, Brasil teve que tomar medidas imediatas para retornar capital investido e utilizar a produção de gás comprada diariamente da Bolívia.

A captação da energia solar fotovoltaica é feita por meio de painéis solares, compostos de células fotovoltaicas, geralmente de silício poli ou monocristalino, que produzem a corrente elétrica (CC) e a enviam até um inversor de corrente, que a transforma em corrente alternada AC de forma a poder ser utilizada em nossas residências por nossos aparelhos eletrodomésticos e pelos meios de iluminação.

Meio de pagamento que potencializa retorno sobre investimento (ROI) e reduz ao máximo Payback (tempo para retorno) de um sistema solar fotovoltaico é a modalidade à vista” ou parcelamento sem juros, pois poupa-se nos custos dos juros do financiamento.

Brasil reúne condições ideais para se tornar um grande produtor mundial de biodiesel, pois dispõe de extensas áreas agricultáveis, parte delas não propícias ao cultivo de gêneros alimentícios, mas com solo e clima favoráveis ao plantio de inúmeras oleaginosas.

A energia excedente gerada na sua edificação/propriedade só pode ser transformada em créditos e estes créditos podem ser utilizados em até 60 meses para abatimentos nas contas de luz do local onde está instalado sistema fotovoltaico ou outros pontos consumidores de mesma titularidade do proprietário do sistema fotovoltaico e que estejam cobertos pela mesma concessionária de energia.

Quando os painéis solares estão instalados de forma integrada com sistema elétrico das concessionárias, a energia consumida pelo usuário é em parte da concessionária e em parte das placas fotovoltaicas Isso reduz a conta de energia porque a parte fornecida pelas placas fotovoltaicas não entra na conta.

Gostaria de começar um negócio em energia solar, conheça nosso Curso Completo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: